Vendas de aquecedores solares crescem nas lojas de materiais de construção

As vendas do varejo de material de construção se mantiveram estáveis em abril, na comparação com o mesmo mês do ano passado, mas a segmento de aquecimento solar segue crescendo. O dado foi obtido pelo estudo mensal realizado pelo Instituto de Pesquisas da Universidade Anamaco, com apoio da Abrafati, Instituto Cristotila Brasil, Anfacer, Afeal e Siamfesp, que consultou 530 lojistas das cinco regiões do país.

De acordo com a pesquisa, o motivo para o crescimento na procura de aquecedores solares se deve, entre outros fatores com a busca por produtos sustentáveis, à economia de energia, de acordo com o presidente da ANAMACO, Claudio Conz. “Com o aumento das contas de energia elétrica em todo o país, tem crescido a procura por aquecedores solares nas lojas do setor. São produtos que reduzem o consumo de energia elétrica em até 90% e têm retorno sobre o investimento que varia entre 18 e 36 meses. Na prática, eles ainda garantem a água quente do banho até mesmo em casos de falta de energia e já vêm sendo utilizados há algum tempo nas unidades familiares construídas pelo Minha Casa, Minha Vida”.